Protestos em Hong-Kong desafiam governo comunista chinês

Manifestantes sentam e deitam na rua durante protesto em Hong Kong, neste domingo (28) (Foto: AP Photo/Vincent Yu)Manifestantes sentam e deitam na rua durante protesto em Hong Kong, neste domingo (28)

Hong Kong vive dias de tensão em função da disputa sobre como será eleito o próximo líder dessa região chinesa. Neste domingo (28), a polícia usou gás lacrimogêneo para dispersar milhares de manifestantes pró-democracia no distrito financeiro e imediações do governo local pró-Pequim.

Autoridades locais classificaram a manifestação como “ilegal” e receberam “forte apoio” do governo chinês. O protesto foi inicialmente organizado pela Federação de Estudantes de Hong Kong, mas recebeu apoio do movimento Occupy Central, que tem incomodado as autoridades chinesas. O Occupy Central tinha planejado ocupar o movimentado distrito financeiro de Hong Kong na quarta-feira e resolveu antecipar a mobilização para este domingo para se solidarizar com os estudantes, que estão protestando desde sexta-feira.

Milhares de pessoas bloqueiam uma avenida para protestar em Hong Kong  (Foto: AP)Milhares de pessoas bloqueiam uma avenida para
protestar em Hong Kong (Foto: AP)

No sábado, a polícia já foi acionada para desalojar a sede do governo, ocupada por estudantes.

Após os confrontos, autoridades locais anunciaram que 78 ativistas foram presos neste domingo e 70 no sábado.

As eleições para o governo local só ocorrerão em 2017, mas no mês passado o governo chinês emitiu uma resolução que lhe permite vetar candidatos.

Ativistas pró-democracia começaram a se mobilizar contra a medida, o que culminou nos confrontos deste fim de semana.

Entenda quem está protestando em Hong Kong e por que o “Occupy Central” incomoda tanto autoridades chinesas:

O que quer o “Occupy Central”?
Trata-se de “um movimento de desobediência civil” proposto por defensores da democracia em Hong Kong e apoiado por grupos estudantis.

Manifestantes e polícia se confrontam neste domingo (28), em Hong Kong (Foto: AP Photo/Vincent Yu)Manifestantes e polícia se confrontam neste
domingo (28), em Hong Kong
(Foto: AP Photo/Vincent Yu)

Os ativistas querem uma reforma política e eleições democráticas que sigam padrões internacionais. O movimento assegura que pode mobilizar 10 mil pessoas na primeira fase das manifestações. Ele toma seu nome do movimento “Occupy Wall Street”, que em 2011 foi lançado nos EUA para protestar contra a desigualdade social.
O grupo pode ter sucesso em suas demandas?
Hong Kong é uma região administrativa especial dentro da China. Seus habitantes têm liberdade de expressão e direito de protestar, mas não podem eleger seu governo de forma direta.

Até os organizadores do Occupy Central admitem que é pouco provável que eles possam influenciar as decisões do governo chinês no curto prazo, mas muitos vêem o ato de sair às ruas como uma forma de começar a pressionar pela mudança. No passado, algumas manifestações de fato tiveram sucesso.

Uma polêmica lei de segurança nacional foi abandonada depois de protestos em 2002, por exemplo. O governo local também desistiu de obrigar as escolas a darem aula de “educação patriótica” depois de manifestações contra a iniciativa. A questão é que as exigências do “Occupy Central” e dos estudantes dessa vez são mais ambiciosas: eles pedem mais democracia, o que tende a ser visto como uma afronta direta a autoridade de Pequim.

Pode haver uma escalada de violência?
Os organizadores insistem que seus protestos não pretendem ser violentos.

Pessoas limpam o rosto de um ativista depois de ter sido pulverizado com spray de pimenta. (Foto: Xaume Olleros / AFP Photo)
Pessoas limpam o rosto de um ativista depois de
ter sido pulverizado com spray de pimenta
(Foto: Xaume Olleros / AFP Photo)

Neste domingo ocorreram confrontos, mas no fim do dia a Federação dos Estudantes de Hong Kong e Chan Kin-MAn, um dos líderes do Occupy Central, fizeram um apelo para os ativistas se dispersarem, temendo que a polícia pudesse usar balas de borracha contra eles. Muitas manifestações em Hong Kong de fato são pacíficas e bem organizadas. Mas as tensões têm se acirrado na região nos últimos anos, conforme a política local se torna mais polarizada.

Recentemente, também ocorreram alguns confrontos entre manifestantes pró-democracia e simpatizantes do governo central de Pequim. Críticos do “Occupy Central” temem que os organizadores não sejam capazes de controlar a multidão – e também é impossível prever que tipo de resposta o governo local pode dar ao movimento. Em julho, 500 pessoas foram presas por “reunião ilegal” em um protesto pró-democracia visto como um ensaio para o “Occupy Central”.

Fonte: G1

Jovem homossexual que gravou vídeo criticando movimento “LGBT” é ameaçado de morte (VÍDEO)

Homossexual defende a família, critica movimento gay e recebe ameaças de morte

Um jovem mineiro, de apenas 26 anos, causou enorme alvoroço nas redes sociais com a publicação de um vídeo no Youtube, que superou 40 mil acessos. O motivo: ele se apresenta como homossexual, mas faz críticas contundentes contra o movimento LGBT. No vídeo, Smith Hays, como ele se denomina na internet, acusou o movimento que supostamente representa lésbicas, gays, bissexuais e transexuais (LGBT) de agir contra os interesses destas minorias em nome de um projeto totalitário de poder. Após a publicação do vídeo, que leva o nome polêmico de “Gay de Direita”, o jovem mineiro recebeu ameaças de morte, ofensas e tentativas de intimidação. Em entrevista ao Gospel Prime, ele explicou suas opiniões e motivação.

O que motivou você a gravar o vídeo?

O desespero de ver o que dizem contra gays e saber que isso é motivado pelo fato de um estereótipo sobre gays ter sido criado [pelo movimento LGBT] e de forma agressiva, petulante e grosseira, foi criado pelos que querem instaurar as mudanças na sociedade. Por essa indignação, resolvi me expressar.

O que você acha das mudanças culturais propostas pelo movimento?

São mudanças que não têm o intuito real de proteger homossexuais, haja vista o ataque que estou sofrendo justamente por aqueles que se dizem defensores dos gays. Se eu, mesmo sendo gay, sou atacado pelos supostos defensores dos gays apenas por ter uma opinião diferente, percebemos que o intuito deles não é proteger gays e, sim, uma ideologia.

Qual sua opinião sobre o movimento LGBT?

O movimento LGBT é uma massa de manobra. Não sei se por inocência ou por preguiça de se informar, muitos gays estão nesta imaginando que lutam por um mundo melhor. E assim deveria ser mesmo! Porém, os seus integrantes não percebem que, na verdade, estão sendo usados. O movimento LGBT usa o ideal nobre de igualdade apenas para conseguir instaurar um Estado totalitário através de projetos que, aparentemente, trazem mais igualdade aos gays, mas que apenas desestabilizam a sociedade e acirram a luta de classes.

Qual é sua opinião sobre o PLC 122?

Bom, o PLC 122 caracteriza opinião como crime de “homofobia” e de discriminações de orientação sexual. Sou contra isso, pois foi feito para atender apenas uma parcela da população. Não entendo porque não se cria um projeto de lei que combata toda e qualquer discriminação. Existem esquerdistas que xingam adversários, inclusive, pela cor da pele. Ora, isso ao meu ver é tão criminoso quanto chamar alguém de “viado”.

Em recente debate, a candidata Luciana Genro (PSOL) sugeriu que o candidato do PSC, pastor Everaldo, e outros evangélicos que se opuseram à distribuição do Kit Gay nas escolas são responsáveis pelas mortes de homossexuais no Brasil. O que você pensa disso?

É de um tremendo mau-caratismo atribuir a uma classe social a culpa pelo assassinato de alguém. A culpa sempre será do indivíduo! Além do mais, o Kit Gay possuía vídeos com cenas eróticas! Acho isso completamente dispensável para a educação contra o preconceito e a intolerância. Campanhas contra o preconceito devem existir, sim! Porém, de forma pacífica e em defesa de todos, sem discriminação nem privilégios. Pegar uma classe (religiosos) e culpá-la por um país ineficiente, que permite que assassinos fiquem à solta e matando é, no mínimo, doença mental.

Recentemente, o assassinato de um jovem no Goiás, João Antônio Donati, foi atribuído a homofobia. Depois, a polícia descobriu que ele foi morto pelo próprio parceiro sexual. O movimento LGBT ignora casos de violência que são praticados entre os gays?

Sim, ignora. Eles estão, sem perceber, doutrinados a atacar apenas crimes de intolerância quando há diversidade sexual (heterossexual contra homossexual). Creio que a missão de todos deveria ser ampliar as penas legais para qualquer assassinato. Um crime que tenha sido motivado apenas por questões de orientação sexual já é mais grave por natureza, pois pode receber mais uma qualificação. Não vejo necessidade de uma lei específica.

Você considera que a família está sob ataque?

Está sob intenso ataque! Lei da palmada, Lei João W. Nery, sexualização das crianças, são apenas alguns exemplos dessa ideologia que quer lançar o Estado nas relações mais íntimas dos seres humanos. O Estado brasileiro tem essa mania desde sempre. Por exemplo, as leis de controle alimentar. Isso é extremamente errado! Está na hora do Estado brasileiro sair da frente do desenvolvimento e se colocar em seu lugar, que é abaixo das famílias e abaixo da propriedade das pessoas. O Estado é apenas acessório; família e propriedade são entes naturais, conectados ao mais íntimo da natureza humana.

Como sua família e amigos têm reagido às toda essa repercussão?

A principal reação é o medo. Pois não estamos em um país livre. Você tem suas liberdades até o limite do politicamente correto (que se reduz a cada dia). Se passar desse limite, você é considerado o pior ser humano do universo, é atacado e humilhado de forma cruel por aqueles mesmos que se dizem proteger a liberdade! Meus próximos me orientam para parar de publicar coisas desse tipo. Mas eu me pergunto, que democracia é essa? Algumas pessoas estão me ameaçando de morte e coisas muito piores simplesmente porque disse o que eu acho da vida. A pior foi a seguinte: “Imagina só se essa mamãezinha que você defende com tanto fervor no vídeo, te acha com o pescoço cortado? Que lindo, não?”. Digo, estamos realmente em uma ditadura. É hora de se mexer de verdade! Pois isso só vai piorar, é projeto de poder, não é um mero acaso.

Você acredita em Deus? Tem alguma crença?

Tenho muita fé em Deus! Acredito, sim, que existe alguém superior que nos protege e nos guia. Alguns aspectos das religiões eu já não considero válidos como, por exemplo, usar trechos da Bíblia para atacar outras pessoas. O maior ser humano que passou por este mundo foi Jesus Cristo. É a parte da Bíblia que eu creio, pois ele é o verbo de Deus na Terra. Ele não humilhou ninguém, não segregou, nem nada.

Fonte: GP

Conselho de Ética alemão sinaliza ser favorável à liberação do incesto e o próprio governo protesta

O Conselho Nacional de Ética da Alemanha tomou decisão bastante polêmica nesta quarta-feira (24) ao sugerir o fim da criminalização do incesto. O pedido foi feito após a análise do caso de um homem que teve quatro filhos com sua irmã. As informações são do Independent. O caso em questão tem como réu Patrick Steubing, adotado quando criança e que conheceu sua irmã biológica apenas aos 20 anos. Desde 2008, quando foi preso por incesto, ele trava batalha judicial que chamou a situação de toda a comunidade alemã para o tema.

De acordo com a lei local, relações sexuais entre irmãos ou entre pais e filhos são crime e podem render mais de dez anos de prisão. Nesta quarta, porém, o Conselho decidiu rever esse tipo de decisão. Na recomendação para que esse tipo de instrução seja revogada, o Conselho de Ética afirma que o risco de deficiências em crianças frutos desse tipo de relação não é suficiente para justificar a criminalização do incesto, considerado um “tabu social” pela entidade.
Siblings Patrick and Susan

Patrick e Susan, irmãos, que mantém uma relação incestuosa e cujo caso foi o “suficiente” para que o Conselho de Ética alemão rever o assunto, sendo favorável à descriminalização da prática. 

“O incesto entre irmãos parece raro nas sociedades ocidentais por conta dos dados disponíveis, mas a realidade é que os envolvidos têm muitas dificuldades de falar de sua situação por conta da ameaça de punição. Isso faz com que eles tenham suas liberdades fundamentais violadas e são forçados a negar seu amor”, afirmou Christiane Woopen, membro do Conselho.

O governo alemão, porém, parece sinalizar contra a medida do Conselho de Ética. Porta-voz do partido da premiê alemã Angela Merkel, Elisabeth Winkelmeier-Becker afirmou que considera a medida um passo para o lado errado da situação. “É uma medida que vai completamente de encontro à proteção do desenvolvimento não perturbado de crianças”, disse ela ao Deutsche Welle. A recomendação do Conselho de Ética, porém, se aplicaria apenas ao caso entre irmãos, fazendo com que o incesto entre pais e filhos não fosse descriminalizado.

Fontes: Yahoo!, DW

Mãe obriga filha a fazer sexo com 1.800 homens em ritual satânico

Mãe obriga filha a fazer sexo com 1.800 homens em ritual satânico
Uma britânica escreveu um livro contando que durante dez anos de sua vida foi forçada por sua mãe a ter relações sexuais com 1.800 homens durante rituais satânicos.

Annabelle Forest, como se autodenomina, afirma que sua própria mãe, Jacqueline Marling, realizava em sua casa rituais satânicos e que dos 7 aos 17 anos ela foi obrigada a se deitar com estes homens, incluindo seu padrasto, Colin Batley, que a iniciou nos cultos.

No livro Forest conta que o seu padrasto, que era apenas um vizinho na época, conseguiu convencê-las que manter relações sexuais para provar seu amor aos deuses, caso não fizesse, eles ficariam irritados.

“Colin consegue convencer qualquer pessoa a fazer o que ele quer. Ele me perguntava se eu estava gostando, e eu tinha que dizer que sim. Mas, por dentro, estava morrendo, era horrível”, relata.

Os abusos aconteceram na cidade de Llanelli, em Wales, onde aos 14 anos a jovem foi obrigada a fazer sexo em grupo com a mãe e outros vizinhos da cidade. A britânica revelou que não era a única criança a ser forçada a ter relações sexuais por Batley que usava uma capa com capuz. Durante os rituais nenhuma criança ou mulher poderia encará-lo.

Aos 17 anos Annabelle engravidou do padrasto e fugiu de casa. Em 2011 Marling e Batley foram presos e condenados, o que a fez ficar mais aliviada.

Para alertar as pessoas sobre o que acontece nesses rituais, Forest lançou o livro “The Devil on the Doorstep: my escape from a Satanic Sex Cult”, onde ela deixa claro que rituais como este acontecem no mundo inteiro fazendo crianças serem exploradas sexualmente.

Fonte: Gospel Prime

Jornalista e ex-funcionário da Marinha dos EUA dá entrevista a blog e afirma: “A CIA matou Eduardo Campos”

Jornalista de renome nos EUA, Wayne Madsen publicou em sua coluna no jornal online Strategic Culture Foundation o texto em que denuncia  que a morte do candidato a presidente Eduardo Campos (PSB), em acidente de avião no dia 13 de agosto, teria resultado de uma trama da CIA. O artigo é intitulado “All Factors Point to CIA Aerially Assassinating Brazilian Presidential Candidate” (“Todos os Fatores indicam que a CIA assassinou por via aérea candidato brasileiro à Presidência”). Madsen estabelece que uma derrota de Dilma Rousseff representaria uma vitória para os planos de Barack Obama de eliminar “presidentes progressistas” da América Latina.

Wayne Madsen concedeu entrevista exclusiva a este blog, em que reafirma a tese de que a CIA matou Campos. Ex-oficial da Marinha dos EUA, o jornalista Wayne Madsen é taxativo: “Marina Silva é a favorita de Obama e do George Soros. Marina defende que os EUA comandem a globalização, livre comércio, investimentos privados e Marina é pró-Israel: Marina é do jeito que o Pentágono e Wall Street adoram”. Ele é taxativo: os técnicos da National Transportation Safety Board, órgão dos EUA que investiga acidentes, vieram ao Brasil para levar as provas do acidente de Campos para os EUA – e sumiram com elas.

Wayne Madsen é jornalista e ex-oficial da Marinha dos EUAWayne Madsen é jornalista e ex-oficial da Marinha dos EUA.

Blog do Tognolli – Você conhece algum caso nos EUA que envolva não gravação de conversações e fatos similares aos de Campos?

Wayne Madsen- O caso da queda do avião de Campos não recebeu nenhuma cobertura na mídia dos EUA. Mas aqui nos EUA já vimos casos similares em não divulgação de teor de caixas pretas após grandes acidentes, como no caso da quedas do TWA 800, vôo American Airlines 587 de Nova York a Santo Domingo, na República Dominicana, e queda dos aviões do senador Paul Wellstone e de John F Kennedy Jr.

Nota do blog: sobre a morte de Wellstone há esse site:

http://www.fromthewilderness.com/free/ww3/110102_wellstone.html

Nota do blog: John Fitzgerald Kennedy, Jr. (25 de Novembro de 196016 de Julho de 1999), conhecido também como John F. Kennedy, Jr., JFK Jr., John Jr., John Kennedy ou John-John, era um advogado, jornalista e editor estadunidense. Era filho de John F. Kennedy e de Jacqueline Kennedy Onassis e irmão mais novo de Caroline Schlossberg.

Em 1995, John Kennedy, Jr. fundou a revista George.

Em 21 de Setembro de 1996, casou-se com Carolyn Bessette.

Três anos depois, em 16 de Julho de 1999, John, sua esposa Carolyn e sua cunhada Lauren morreram num acidente de avião.1 Kennedy estava pilotando o monomotor. Os três estavam indo para o casamento da prima de John, Rory. Ele faleceu aos 38 anos e seu corpo foi cremado.

Blog do Tognolli -Você apenas opina sobre a participação da CIA na morte de Campos ou tem elementos como indícios de prova material?

Wayne Madsen  -Os rastros do envolvimento da CIA na morte de Campos são as anomalias técnicas que envolvem a queda e a confusa história da propriedade do avião. A L3 Communications and Textron prestam serviços para a CIA.

Nota do Blog: A L-3 Communications, Inc. é uma empresa de Defesa americana, baseada em Manhattan, Nova York, que fabrica equipamentos de “Controle e Comando”, Comunicações, Inteligência, Monitoramento, sistemas de reconhecimento, aviônica, além de instrumentação e produtos oceânicos e aeroespaciais. A empresa possui 63.000 funcionários e um faturamento superior a 15 bilhões de dólares. Seus principais clientes são o Departamento de Defesa dos Estados Unidos, a CIA, a NASA e diversas empresas de telecomunicação e forças armadas internacionais.

A Textron Company é uma holding norte-americana que controla empresas fabricantes de aeronaves civis e militares.

A Textron foi fundada em 1923, por Royal Little, como Special Yarns Company hoje inclui empresas em diversos ramos de negócios como:

Blog do Tognolli – Quais outros casos envolvem a CIA?

Wayne Madsen  – A CIA dispõe de vasta experiência em derrubar aviões: derrubaram o avião dos presidents Roldos, no Equador, Torrijos, no Panamá, do líder revolucionário cubano Camilo  Cienfuegos, em 1959, e o também o avião da Cubana 455, em Barbados. A CIA também derrubou o avião do primeiro-ministro de Portugal, Sá Carneiro, e de seu ministro da defesa, mortos na queda do Cessna 421 em Lisboa, em 1980, numa pré-eleição muito parecida agora com a pré-eleição de Campos. Essa queda pavimentou a entrada de um governo português pró-EUA.

Temos também a morte do candidato presidencial venezuelano Renny Ottolina, morto numa suspeita queda de um Cessna 310, em 1978. Renny Ottolina era um apoiador dos ideias bolivaristas para a integração total da América Latina, ideais que foram mais tarde adotados por Hugo Chavez e eram obviamente combatidos pela CIA. Renny Ottolina seria um futuro alvo primordial da CIA por sustentar esses ideais no poder. O líder político indiano Madhavrao Scindia morreu numa queda suspeita de Cessna C 90 em 2001. Ele era o autêntico marajá da cidade de Gwalior, e se desse certo como líder politico nacional teria trazido de volta as regras de antigos principados, muitas das quais seriam radicalmente opostas à globalização da sociedade Indiana. Ele seria um dos maiores estorvos para a CIA.

Nota do Blog:

Gwalior é uma cidade do estado de Madhya Pradesh, na Índia. Localiza-se no centro do país. Tem cerca de 917 mil habitantes. Foi capital de um principado semi-independente até 1947.

Blog do Tognolli – Por que na sua opinião a CIA escolheu Campos, e não o venezuelano Maduro ou nossa presidente Dilma ?

Wayne Madsen -Porque o PT de Dilma teria nomeado rapidamente um substitute petista caso ela fosse assassinada. Campos virou um alvo para poder elevar Marina e garantir uma derrota a Dilma e ao PT.

Blog do Tognolli  – Há casos similares de queda de Cessna 560XLS, como o de Campos?

Wayne Madsen -Não, esse avião tem índices de segurança exemplares. Mas o avião de John F Kennedy Jr era um Cessna que suspeita-se tenha sofrido sabotagem. Um Cessna 310 caiu e matou o republicano Hale Boggs, um membro dissidente da comissão Warren, que investigava a morte do president John Kennedy. Hale Boggs acusava a CIA de estar por detrás do assassinato do president John Kennedy. A queda de um Cessna 335 matou também o governador do estado do Missouri, Mel Carnahan, um dia antes das eleições.

Nota do Blog:

A Comissão Warren (nome oficial The President’s Commission on the Assassination of President Kennedy), foi estabelecida em 29 de Novembro de 1963 pelo presidente dos Estados Unidos da América Lyndon B. Johnson para investigar o assassinato do presidente John F. Kennedy.

Blog do Tognolli  – Por que você não confia nos membros da National Transportation Safety Board, que veio ao Brasil investigar a queda do Cessna de Campos?

Wayne Madsen -Porque esse pessoal da NTSB foi publicamente acusado de acobertar as causas da quada do TWA 800

Blog do Tognolli –  Como ex oficial da Marinha dos EUA, você foi um dos responsáveis por ter implantado o primeiro programa de segurança deles. Você dispoõe de fontes militares para acusar a CIA na morte de Campos?

Wayne Madsen -Eu de fato tenho muitas fontes da comunidade de inteligência dos EUA que acusam o diretor da CIA, John Brennan, de participar de mortes praticadas pela CIA em serviços clandestinos que fazem parte rotineira das operações diárias da CIA.

Blog do Tognolli – Como a CIA mascara crimes, como você sugere tenha sido feito com Campos?

Wayne Madsen – Mascaram fazendo com que tais crimes se pareçam com acidentes e depois passam a acusar quem os põe em xeque como sendo teóricos da conspiração, fazendo uso de jornalistas pagos pela CIA para disseminar a propaganda dos serviços de inteligência dos EUA.

Blog do Tognolli – Como a  National Transportation Safety Board  opera então no Brasil?

Wayne Madsen  – O pessoal da NTSB só atua em nome do governo doa EUA, sempre acusando alguém pela queda de aviões, para despistar, como fizeram agora contra o governo da Rússia, acusando-o de ter derrubado o avião da Malásia Airlines 17 na Ucrânia.

 Blog do Tognolli  – Quem são os políticos favoritos dos EUA no Brasil e quem são os mais odiados?

Wayne Madsen – Marina Silva é a favorita de Obama e do Soros. Marina defende que os EUA comandem a globalização, livre comercio, investimentos privados e Marina é pró-Israel: Marina é do jeito que o Pentágono e Wall Street adoram.

Blog do Tognolli  – Como um repórter investigativo brasileiro poderia ter atuado no caso Campos?

Wayne Madsen -Jamais deveriam ter permitido que o pessoal da National Transportation Safety Board tivesse sido permitido a retirar evidências e dados físicos da cena da queda do avião de Campos e os levado aos EUA: jamais.

Nota do Blog: George Soros (Budapeste, 12 de Agosto de 1930) é um empresário e homem de negócios húngaro-americano. Ficou famoso pelas suas atividades enquantoespeculador, nomeadamente em matéria de taxas de câmbio, chegando a ganhar 1 bilhão de dólares em um único dia apostando contra o banco da Inglaterra, bem como pela sua atividade filantrópica, que apoiou entre outros, a Universidade Central Europeia.

Fonte: Yahoo!

Loucura? Americana implanta 3º seio

A americana Jasmine Tridevil, de 21 anos, que alega ter gastado US$ 20 mil (R$ 48 mil) para implantar um terceiro seio, tornou-se sensação na internet.

Jasmine Tridevil diz ter gastado US$ 20 mil (R$ 48 mil) para implantar um terceiro seio (Foto: Reprodução/Facebook/Jasmine Tridevil)Jasmine Tridevil diz ter gastado US$ 20 mil (R$ 48 mil) para implantar um terceiro seio (Foto: Reprodução/Facebook/Jasmine Tridevil)

Um vídeo que ela postou no YouTube alcançou mais de 2 milhões de visualizações até esta terça-feira (assista). No Facebook, sua página conta mais de 3 mil fãs.

Jasmine, que mora em Tampa, no estado da Flórida, contou à emissora de TV “WTSP” que a cirurgia foi filmada e pretende exibi-la em seu show em programa da TV a cabo.

“Imaginei que as pessoas iriam ser céticas, mas é verdade”, afirmou ela.

Fonte: G1

Candidata à Dep. Estadual pelo estado de Pernambuco, Pastora Ana Rita é entrevistada pelo blog Fatos em Foco

O blog FATOS EM FOCO contribui com o atual processo eleitoral, entrevistando alguns candidatos que, a nosso ver, são homens e mulheres comprometidos com a ética, a justiça social e os valores cristãos, que permeiam toda a nossa sociedade. Já manifestamos, reiteradamente, nosso apoio ao Rev. Roberval Góis (1112) como candidato a Dep. Federal, pelo PP. Abrimos um espaço em nosso blog para darmos maior visibilidade à candidata Pra. Ana Rita (foto), da Igreja de Deus (PE), que se candidata à Dep. Estadual pelo DEM (25125). Com forte atuação social em Olinda, Ana Rita destacou-se na eleição passada como candidata à Vice-Prefeitura da cidade de Olinda, uma das mais importantes cidades do estado de Pernambuco. Agora, como candidata à câmara legislativa do estado, ela luta por uma verdadeira justiça e inclusão sociais, mais emprego, mais educação e uma melhor qualidade de vida para o povo pernambucano. Abaixo, a entrevista que a candidata concedeu a este blog:

1 – Por que você quer ser Deputada Estadual?

PRA. ANA RITA – Pelos simples fato de entender a importância de termos representantes firmados nos valores cristãos, para restaurar a nossa sociedade, que clama por políticos  honestos e que cumpram sua função sem partidarismo, mas essencialmente comprometidos com as necessidades da população.

2 – Qual ou quais suas principais “bandeiras” de campanha?

PRA. ANA RITA – Por reconhecer as Igrejas como instituição, quero defender os seus direitos, aprimorar e apoiar os projetos sociais, legalizar templos e defender os princípios cristãos em todos os sentidos.

Inclusão social dos deficientes Auditivos também é uma das minhas principais metas, bem como rever  e por em prática a Lei da Libra nas instituições, clinicas e nos demais locais públicos, os quais deveriam ter obrigatoriamente interpretes.

Também tenho como importante a questão da preservação do meio  ambiente, animais que circulam trabalhando e são abandonados nas áreas urbanas.

3 – Você argumenta que quer, acima de tudo, defender a causa das igrejas evangélicas. Há muitos desafios para os cristãos evangélicos em nosso estado?

PRA. ANA RITA – Sim. Porém acredito que está havendo um despertar do povo de Deus em relação a sua responsabilidade social e cidadã. Precisamos nos unir como cristãos, para o crescimento do Reino. E isto passa, necessariamente, pela participação efetiva de todos os cristãos, como cidadãos e co-responsáveis com os rumos de nossa sociedade.

4 – Quais suas principais propostas como Deputada Estadual?

PRA. ANA RITA – Fiscalizar com rigor as contas do Estado, focando nos projetos sociais; cobrar a aplicação dos direitos de cada cidadão; criar a “Cartilha Esclarecedora”, para as instituições religiosas, a fim de romper com a prática de compra de votos através de favores eleitorais. Criar emendas que Defendam a inclusão social. E buscar a interação com o povo para compreender suas necessidades.  

5 – Dê uma palavra aos eleitores e potenciais eleitores da Pra. Ana Rita.

PRA. ANA RITA – Temos visto o clamor  e a inquietação do povo, que sofre os efeitos de um governo corrupto: desemprego, falta de assistência médica, violência entre outras coisas. Mas, creio, também podemos ter esperança que não só os homens têm se apercebido disto, como Deus também tem observado a maldade daqueles que deveriam cuidar da sua criação. Devemos pedir orientação a Deus para elegermos novos governantes, tementes e dirigidos pelos preceitos de Deus. Como eleitores precisamos assumir a responsabilidade votar com convicção de que estamos dando oportunidade a alguém de ser nosso porta voz, para defender os direitos de todos.Lutarei com base nos princípios bíblicos, tendo a certeza de que assim, não errarei nos meus julgamentos, os quais sempre visarão o melhor para o povo pernambucano.

 

Breve histórico da Pra. Ana Rita

Nasci no Recife ao dia 09 de Janeiro de 1975. Morei em Ouro Preto desde meu nascimento. Pai Inácio severo Cruz e Maê  Maria Amara Cruz . Estudei na escola pública Municipal Coronel José Domingos até os 10 anos; depois fui para O Guedes Alcoforado, onde comecei meu  2º Grau. Casei aos 15 anos com Eduardo Porpino Esteves, interrompendo os estudos, me tornei mãe de 2 filhos, Aguinaldo Esteves, hoje com 24 anos e cursando engenharia civil, e Ayane Esteves, 20 anos e cursando Nutrição. Dona de casa e empresária com a  PORPINO ENGENHARIA, junto com meu marido, tive várias experiências administrativas. Aos 29 anos me converti na Igreja De Deus em ouro Preto. No ano de 2004 fiz um curso bíblico contextualizado de 2 anos na IDB Ouro Preto SEID, após o qual fui Consagrada Diaconisa em 2006. Em 2007 me tornei Líder Local de Missões em Ouro Preto e abri a congregação em Fragoso Paulista, através de um trabalho filantrópico de distribuição de sopão e assistência aos moradores, com cursos para as mulheres e reintegração social, além de eventos  médicos em parceria com profissionais da saúde de centros como Hiene e outros. Também promovemos regularmente parcerias com a SDS para as pessoas retirarem RG e Carteira de Trabalho. O trabalho cresceu e a comunidade se tornou Igreja em 2005, local em que sou pastora até hoje, desde que fui consagrada, em 2010.  Retomei meus estudos concluindo o 2º Grau no supletivo, e fiz o curso de Bacharel em teologia também no SEID em 2008. Convalidei no ano passado pela FATIM (Faculdade de Teologia Integrada) e, atualmente, curso a pós graduação em Ciências da Religião, também pela FATIM. Filiei-me ao DEM em 2011, afim de concorrer às eleições em 2012, quando fui candidata à Vice-Prefeita de Olinda. Na ocasião, tivemos a expressiva quantidade de 17.000 mil votos, aos quais sou imensamente agradecida pela confiança em nós depositada. Tenho fé em Deus de que vencerei as eleições para Deputada Estadual e terei uma chance de trabalhar mais e melhor para meu povo querido.